top of page

Alterações comuns na pele durante a gestação

Durante a gestação, a mulher passa por diversas transformações no corpo. Além do crescimento da barriga, ela pode perceber a mudança na sensibilidade da pele e o aparecimento de manchas e estrias.

Sabe por que isso ocorre? Conhece os tipos de alterações que surgem na pele em decorrência da gravidez? Então, continue a leitura para ter todas as respostas!

Por que a pele é afetada durante a gestação?

O grande culpado por trás de todas as alterações que a mulher sofre durante a gravidez são os hormônios. Pela ação deles, surgem manchas marrons na pele, o rosto pode ficar mais oleoso, a região abdominal pode ressecar e coçar, entre outras coisas.

A seguir, entenda um pouco mais sobre cada um desses problemas.

Melasma

O melasma ou cloasma é um tipo de distúrbio crônico na pigmentação da pele que se caracteriza pelo aparecimento de manchas escuras, principalmente, nas têmporas e testa. Ainda, são muito comuns durante a gestação e surgem em formatos irregulares com intensidades diferentes.

É importante saber que o melasma tem tratamento e também pode ser prevenido.

A pigmentação da pele é feita por meio da melanina, que é produzida no melanócito, uma estrutura localizada na parte mais superficial da pele. O melasma ocorre quando o melanócito produz mais melanina do que o necessário. Esse excesso fica armazenado na pele, causando o aparecimento das manchas.

Não há uma causa comprovada para esse distúrbio, mas ele está relacionado à exposição ao sol, ao calor e às alterações hormonais.

Linha nigra

A linha nigra é uma condição que só costuma ocorrer durante a gravidez. Ela surge como uma linha escura, que vai do umbigo até o centro do osso púbico. Na verdade, essa linha sempre esteve ali, porém, por ação dos hormônios, é que ela fica visível.

Acne

Não são só adolescentes que sofrem com a acne. As grávidas também estão expostas ao risco. A causa é a mesma das anteriores, ou seja, a explosão hormonal. Porém, não há motivos para preocupação, pois tende a desaparecer após o parto.

Estrias

Esta talvez seja a alteração que mais assusta as gestantes. As estrias surgem em função do estiramento da pele, ocasionado pelo crescimento da barriga e dos seios e são mais comuns no último mês de gestação, pois é o período em que o bebê cresce mais rapidamente.

Existem cuidados que podem ser tomados para evitar as estrias, mas não funcionam com todas as mulheres. Isso porque existe um fator genético, que torna algumas pessoas mais predispostas do que as outras.

As melhores formas de evitar o agravamento da situação ou prevenir que elas ocorram é usar o filtro solar, evitar a exposição ao sol, beber bastante líquido e manter a pele sempre limpa.

Após o parto, existem vários procedimentos estéticos que conseguem, até mesmo, eliminar essas alterações na pele.

A solução para todas essas mudanças na pele pode ser apresentada por um dermatologista. Por isso, é extremamente importante que a mulher não se automedique durante a gestação, pois pode afetar o bebê.

Quer saber mais? Entre em contato para mais informações!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page