top of page

Você sabe o que é ácido hialurônico e como é utilizado?


O ácido hialurônico é usado como medicamento e preenchedor em procedimentos estéticos. Trata-se de uma substância clara e pegajosa, naturalmente presente no corpo humano. Encontra-se, em maior concentração, na pele, tecido conjuntivo e olhos. Sua principal função é reter a água para manter os tecidos bem lubrificados e úmidos.

Usa-se ácido hialurônico para vários distúrbios articulares, como osteoartrite. Pode ser tomado por via oral ou injetado na articulação afetada, por um profissional de saúde. Algumas pessoas aplicam ácido hialurônico à pele para curar feridas, queimaduras, úlceras e, inclusive, como hidratante.

Há também muito interesse em usar o ácido hialurônico para evitar os efeitos do envelhecimento. De fato, o ácido hialurônico foi promovido como uma fonte da juventude. No entanto, não há evidências que sustentem a alegação de que tomá-lo por via oral ou aplicá-lo na pele previna alterações associadas ao envelhecimento.

Muitas pessoas tomam como suplemento, mas também é usado em soros tópicos, colírios e injeções. Uma vez que o corpo produz naturalmente, as reações alérgicas são muito raras.

Eficácia do tratamento

O ácido hialurônico é provavelmente efetivo para:

- catarata: injetar ácido hialurônico no olho é eficaz quando usado durante a cirurgia de catarata por um cirurgião oftalmológico;

- feridas na boca: o ácido hialurônico é eficaz para o tratamento de feridas na boca quando aplicado na pele como um gel;

O ácido hialurônico é possivelmente efetivo para:

- pele envelhecida: algumas pesquisas sugerem que injetar um produto específico de ácido hialurônico em linhas de expressão reduz essas marcas por até um ano;

- osteoartrite: pode ser eficaz para rigidez e dor nas articulações, quando injetado na articulação por um profissional de saúde. É aprovado pelo FDA para o tratamento da osteoartrite por injeção, entretanto os resultados variam.

Evidência insuficiente para:

- olho seco: pesquisas iniciais mostram que a aplicação de um colírio específico de ácido hialurônico (Hyalistil) pode aliviar o olho seco.

- trauma ocular: algumas pesquisas sugerem que o ácido hialurônico pode ser injetado no olho, para tratar a retina isolada ou outras lesões oculares.

- feridas na pele e queimaduras: pesquisas iniciais sugerem que a aplicação de ácido hialurônico na pele pode ser útil no tratamento de queimaduras e feridas na pele.

Mais evidências, no entanto, são necessárias para avaliar a eficácia do ácido hialurônico para esses usos.

Conheça, agora, 7 benefícios pesquisados cientificamente sobre o uso dessa substância.

1. Proporciona uma pele mais saudável e flexível

Aproximadamente metade do ácido hialurônico do corpo está presente na pele. A substância se liga à água para ajudar a reter a umidade. A pele hidratada reduz o aparecimento de rugas, o que pode explicar por que vários estudos mostram que a suplementação com o ácido pode tornar a pele mais lisa. Quando aplicado à sua superfície, pode reduzir rugas, vermelhidão, bem como dermatite. Alguns dermatologistas usam preenchimentos de ácido hialurônico para manter a pele firme e jovem.

2. Cicatrização de feridas

O ácido hialurônico desempenha um papel fundamental na cicatrização de feridas. Torna mais rápida a cura das feridas, porque regula os níveis de inflamação. Também sinaliza ao corpo a necessidade de construção de mais vasos sanguíneos na área danificada. O ácido hialurônico tem propriedades antibacterianas, por isso pode ajudar a reduzir o risco de infecção, quando aplicado diretamente em feridas abertas.

3. Ossos bem lubrificados

O ácido hialurônico também é encontrado nas articulações, onde mantém o espaço entre os ossos bem lubrificado. Quando as articulações são lubrificadas, os ossos são menos propensos a ranger uns contra os outros. Assim, não causam dor ou desconforto. Dessa forma, os suplementos de ácido hialurônico são muito úteis para pessoas que sofrem de osteoartrite. Esta é uma doença articular degenerativa, causada por desgaste nas articulações ao longo do tempo. O ácido hialurônico também pode ser injetado diretamente nas articulações para alívio da dor.

4. Sintomas de refluxo gástrico

Pesquisas mostram que suplementos de ácido hialurônico podem ajudar a reduzir os sintomas do refluxo. Quando o refluxo ácido ocorre, o conteúdo do estômago é regurgitado até a garganta, causando dor e danos ao revestimento do esôfago. O ácido hialurônico pode ajudar a aliviar esses danos e, ainda, acelerar o processo de recuperação.

5. Olho seco e desconforto

Aproximadamente 1 em cada 7 adultos mais velhos sofre sintomas de olho seco devido à redução da produção de lágrimas ou à evaporação das lágrimas muito rapidamente. Uma vez que o ácido hialurônico é excelente para reter a umidade, é frequentemente usado para tratar o olho seco. Colírios contendo 0,2 a 0,4% da substância reduziram os sintomas do olho seco e melhoraram a saúde dos olhos. Lentes de contato contendo ácido hialurônico de liberação lenta também estão sendo desenvolvidas como possível tratamento para olho seco.

6. Saúde dos ossos

Novas pesquisas com animais começaram a investigar os efeitos dos suplementos com ácido hialurônico na saúde dos ossos. Dois estudos, inclusive, atestaram que os suplementos de ácido hialurônico podem ajudar a diminuir a taxa de perda óssea em ratos com osteopenia. Osteopenia é o estágio inicial da perda óssea que precede a osteoporose. Os efeitos sobre a saúde óssea humana ainda não foram estudados, entretanto, esses estudos precoces são promissores.

7. Prevenção à dor na bexiga

Aproximadamente 3% a 6% das mulheres sofrem cistite intersticial (inflamação não infecciosa da bexiga) ou síndrome da bexiga dolorosa. Esse distúrbio causa dor e sensibilidade abdominais, bem como forte e frequente desejo de urinar. Embora as causas sejam desconhecidas, descobriu-se que o ácido hialurônico ajuda a aliviar a dor e a frequência urinária associadas a essa condição, quando inserido diretamente na bexiga, por meio de um cateter. Pesquisadores acreditam que ele ajude a reparar danos ao tecido da bexiga, tornando-o menos sensível à dor.

Quer saber mais? Acesse meu site para mais informações!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page